quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Bem ou mal, você me faz pensar...


Certo dia, você me disse que eu estava te sufocando com meus martírios.
Certo dia, você me disse que precisava respirar.
Certo dia, você me disse que naquele momento não estava disponível para continuar nossa relação.
Eu tentei, a cada noite de insônia e lágrimas, compreender suas razões para me deixar para depois, mas o meu amor me cegava e eu não conseguia enxergar.
Certa manhã, entendi que quem abandona já não ama mais.
Quem se afasta, já não quer mais ser presente.
Quem silencia, já não sente mais vontade de falar.
Quem não toca, já não quer sentir mais o toque da pele.
Quem não beija, já não quer mais o gosto da boca.
Então, me deu de repente uma vontade louca de respirar também porque me vi sufocando em sua própria companhia.
Eu também não preciso ter ninguém ao lado para sentir meus pulmões cheios de ar.
Eu sou livre e nada me aprisiona.
Nada me segura ou me impede de viver e buscar meus sonhos.
Então, decidi definitivamente me afastar porque desejo que você respire.
Não quero que você sufoque e coloque a culpa em mim.
Siga amor e sinta o prazer da sua liberdade.
Faça tudo conforme as suas vontades.
Tome as suas decisões e realize suas próprias escolhas.
Toque as canções que você mais gostar.
Ame quem seu coração escolher amar.
Talvez a distância nos faça o maior bem de todos.
Talvez o tempo nos una e apague de vez essas dolorosas marcas.

Daniela Menegassi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.